Reutilizar peças clássicas: loiça antiga

Artigo colocado em Design e Decoração | 1

A decoração é uma tarefa que proporciona um grande prazer para quem a realiza. É através dela que se personalizam ambientes, proporcionando um maior conforto e bem-estar àqueles que usufruem dos espaços, sejam eles habitacionais ou de trabalho.

Imaginação e criatividade são os principais ingredientes incluídos nas empreitadas decorativas. Hoje em dia, há toda uma profusão de artigos para o lar, a preços cada vez mais acessíveis, mas os objectos mais antigos e mesmo sem utilidade aparente não devem ser esquecidos.

Seguem-se algumas sugestões de decoração económica, onde se propõe atribuir uma nova vida a objectos que estão ao alcance de quase todos: loiças antigas.

As peças de loiça são um exemplo muito interessante e versátil de casos de reutilização, pois permitem criar soluções decorativas simples, simpáticas e personalizadas, podendo ser conjugadas de diferentes formas. Para além disso, costumam ter um valor estimativo especial, já que normalmente pertencem à herança de família.

Eis algumas dicas:

Prato/conjuntos de pratos antigos. Para esta solução, pode ser utilizada apenas uma peça, conjugada com molduras, quadros ou relógios, ou um conjunto de peças, dispondo a composição numa parede. Áreas mais indicadas para o efeito: cozinha, copa, ou a zona de refeições da sala. Disposição das peças: alinhada, em filas, em forma circular, geométrica ou aparentemente aleatória.images

Serviço de mesa. É possível manter a função original das peças, utilizando-as em ocasiões especiais e festivas. Para o dia-a-dia, é muito interessante criar serviços que incluam várias peças diferentes umas das outras; a sua conjugação com uma toalha de cor lisa, guardanapos de fantasia e um arranjo de flores frescas, compõe-se uma mesa única e acolhedora para refeições de amigos e família.



Combinação com loiças modernas. Para aqueles que temem ousadias e preferem soluções mais sóbrias, é uma boa opção adquirir peças neutras de uma só cor, por exemplo, que combine com as cores predominantes das peças antigas. Por exemplo, combinar pires lisos para com chávenas com padrão (ou vice-versa), ou conjugar pratos de sopa, refeição e sobremesa lisos e com padrão.

Copos. Os copos podem aproveitar-se como recipientes de organização de utensílios de maquilhagem, de lápis e canetas, como jarrinhas para pequenos arranjos florais, ou mesmo para criar castiçais (principalmente no caso de serem transparentes).images (1)

Outras peças. As canecas/jarras podem usar-se como recipientes para talheres de serviço ou porta-guardanapos num centro de mesa de uma refeição ao ar livre; as saladeiras são óptimos recipientes para colocar chaves, blocos de notas e canetas numa mesa de apoio.

A imaginação é o limite para criar soluções decorativas e úteis que marcam a diferença e que ajudam a tornar o dia-a-dia mais leve, mesmo com poucos recursos. Ou seja, não há limites!

Saliente-se ainda que a grande vantagem das peças referidas reside no facto de serem intemporais. Sempre na moda ligam bem com a grande maioria das tonalidades das tintas de parede e com os restantes acessórios.

Nada melhor do que os clássicos para uma boa decoração!Decoração-Com-Pratos-na-Parede-14

  1. Dicas muito originais e engraçadas, deixa com vontade de fazer alguma coisa. :)

Deixa uma resposta


3 × 1 =