No território dos adolescentes: a importância do ambiente do quarto

shophouse-blog-decoracao-quarto-decorado-adolescente

Um ambiente decorado ao gosto do jovem é essencial para fazê-lo sentir verdadeiramente no seu espaço.

Para orientar escolhas, seguem-se alguns conselhos, de forma a guiar os mais indecisos, ou mesmo a ajudar a emergir ou desenvolver novas ideias.

Sobriedade é a palavra-chave: um ambiente simples deve ser a base de tudo, envolvendo o equilíbrio entre a cor e padrões das paredes e do teto, móveis e acessórios.

O foco decorativo pode, precisamente, residir nos acessórios. A escolha destes elementos pode ser orientada de acordo com temas – cinema, arte, música, futebol, banda-desenhada, videojogos – de acordo com a preferência de cada um.

thumb_teen-room-design-582x325

Assim sendo, sugere-se a conjugação de capas de almofadas e revestimentos de edredão com motivos diversos (combinar ambos os itens com padrão torna-se muito pesado, pelo que é aconselhável que um dos elementos seja liso ou com padrão mais discreto); aplicação de posters/quadros (há uma grande variedade destes artigos, dentro dos mais diversos temas, e que podem facilmente adquirir-se em livrarias e em sites) – um cartaz de cinema ou um poster de um videojogo emoldurados garantem imediatamente um ambiente personalizado! Os candeeiros de devem ser sóbrios: focos de teto são uma boa opção, são discretos, iluminam bem, e permitem dar lugar a candeeiros mais elaborados – lava-lamas, candeeiros de cabeceira, candeeiros de fios, entre outros.

quarto-3



Para além da harmonia entre todas as peças, alerta-se para a importância de conseguir organizar o espaço de forma a que este possa ser alterado, nomeadamente alguns anos mais tarde,quando é natural que haja mudanças de gosto.

Funcionalidade é outra palavra de ordem para a criação de um ambiente agradável e confortável. É conveniente dispor os móveis de forma a que haja uma boa circulação no espaço; incluir, se a área o permitir, uma escrivaninha e uma estante para criar uma zona de estudo; destinar uma ou duas paredes para a aplicação de tons coloridos, papel de parede, ou outras soluções decorativas a gosto; utilizar caixas de arrumos para a organização de itens variados, de forma a desimpedir o espaço e facilitar todos os trabalhos de arrumação e limpeza.

Também é interessante envolver os jovens no processo de decoração do seu espaço, incentivando-o a criar as suas próprias peças: renovar a velha cómoda de infância ou mesas de cabeceira, através de revestimento com pintura ou técnica de decoupage com folhas de jornais, revistas ou tiras de banda desenhada (consulta fácil dos procedimentos em diversos sites e blogs da especialidade, ou Youtube); as portas do guarda-fatos podem também ser revestidas com fotografias, criando uma área de exposição original.

Não é segredo para ninguém que a criatividade e o uso da imaginação são ingredientes fundamentais quando se pensa na decoração de um espaço e na criação de ambientes.Tal como comprovado, há um vasto leque de opções para decorar o quarto de um jovem. Nesta tarefa, é conveniente que seja o próprio a intervir, ou até a tomá-la inteiramente a seu cargo, dando asas à sua imaginação e aplicando a sua criatividade de forma útil.

Por fim, é importante que resulte um espaço e um ambiente do agrado de quem dele vai usufruir, de fácil manutenção (limpeza, arrumação), confortável para possibilitar momentos de concentração durante o estudo, mas também de lazer e descontração e, por fim, propício a um sono e um descanso tranquilos.

 Decoracao-Quarto-Pequeno-de-Adolescente-9

Deixa uma resposta


1 + = 7