Jardinagem para todos

Artigo colocado em Jardins e Pátios, Organização | 0

O contato com a Natureza é revigorante e relaxante e, por isso, trabalhar ao ar-livre é uma tarefa muito agradável que conquista cada vez mais adeptos no seio de uma sociedade altamente urbanizada.

A jardinagem, incluída nesse grupo de atividades, é especialmente gratificante, permitindo participar e acompanhar todas as etapas, desde o plantar/semear, cuidar, manter e, finalmente, colher e desfrutar os resultados.

Se há pouco tempo jardinar era um privilégio daqueles que possuíssem um jardim ou um quintal, hoje em dia apuram-se recursos e técnicas para aproveitar cada pequeno espaço: varandas, canteiros em parapeitos, ou mesmo áreas em paredes para ver nascer flores, ervas aromáticas e mesmo alguns legumes.

Assim, jardinar está cada vez mais ao alcance da maioria: basta juntar gosto, alguma paciência e mãos à obra!

E porque todas as actividades requerem organização e todos os espaços merecem cuidado e uma boa apresentação, seguem-se alguns itens úteis para jardinar em grande estilo:

Calendários de jardinagem. No que diz respeito à organização, criar um calendário para anotar os detalhes da atividade – épocas de plantação/sementeira, características de cada espécie, informações climatéricas, etc. –  é uma solução muito útil. Para além de facilitar o acompanhamento de todas as etapas, permite registar dados que podem ser comparados de ano para ano, ajudando a aperfeiçoar técnicas. Podem ser feitos manualmente, ao gosto de cada um.

Vasos. Principalmente para quem cultiva em varandas ou em espaços reduzidos. A vantagem é que estes itens podem ser personalizados! Os vasos de barro podem ser pintados de várias formas: com variados motivos decorativos ou com o nome/desenhos das flores ou legumes que vão alojar.

Couvettes de cultivo. Estas estruturas, que originam os chamados jardins verticais, são a solução ideal para aqueles que não possuem mais do que a área da parede para colocar as suas plantas. Constituídas por pequenas divisórias, são aplicadas nas paredes, podem adquirir-se facilmente em lojas da especialidade, e podem até ser feitas através da reciclagem de materiais, como por exemplo garrafas de plástico. Adequam-se especialmente ao cultivo de ervas aromáticas.



plantar-em-garrafa-pet6

Tesoura. Instrumento essencial para a atividade, para podar e cortar ervas. Recomenda-se a aquisição de um exemplar de boa qualidade, para uma maior durabilidade.

Cinto de ferramentas. Este item, muito abonatório para a organização, permite que todos os utensílios estejam sempre a um fácil alcance, ajudando a que se mantenham no seu lugar e a impedir que se percam.

Luvas. Este é outro utensílio obrigatórios para a jardinagem, mantendo as mãos protegidas. Aconselha-se as que sejam revestidas em pele, pela sua impermeabilidade e maior durabilidade.

Colmeias/abrigos de aves. Para os sortudos que tenham jardim ou quintal, estes itens funcionam como um precioso complemento do seu pequeno ecossistema.

Mini tabuletas. Cada vez mais fáceis de encontrar em lojas da especialidade, as mini tabuletas de xisto, semelhantes a pequenas lousas antigas, destinam-se a legendar as plantações e dão um toque amoroso e pitoresco ao jardim/vasos.

presentes_originais_jardinagem-07

Regador. Esta peça tem um carácter versátil. Por um lado, é indispensável para a rega de vasos, sementeiras e canteiros. Por outro, principalmente em áreas de cultivo maiores habitualmente regadas com mangueira, assume um lado mais decorativo, podendo funcionar como vaso de flores.

 

regador_flores

 

Organização, brio, dedicação e… boas colheitas!

 

Deixa uma resposta


7 × 2 =