Dicas para pintar pavimentos (de madeira) na perfeição – Parte Final

Artigo colocado em Sem categoria | 0

Como já deves estar à espera, hoje voltamos com a segunda parte do artigo “Dicas para pintar pavimentos na perfeição.” Sendo assim, vamos dar-te de seguida mais dicas sobre os cuidados a ter antes de começar a pintura em pavimentos de madeira e os passos que deves seguir para que este fique pintado na perfeição.

Tal como já referimos em relação aos pavimentos em cimento e afins, pintar pavimentos de madeira, além de ser uma solução decorativa que pode ser original, é também uma solução alternativa para algumas zonas deterioradas de um pavimento de madeira ou de um estrado que tenhas a intenção de restaurar.

Sendo assim, para pintar os pavimentos de madeira na perfeição, segue as recomendações para preparar  pavimento e os passos que vamos descrever já de seguida.

Dicas e conselhos sobre como pintar pavimentos de madeira
Dicas e conselhos sobre como pintar pavimentos de madeira

Pintar pavimentos em madeira passo a passo

Passo 1 - Caso se trate de um pavimento antigo, deves utilizar fita adesiva para separar a zona do pavimento deteriorado que vai ser reparado. De seguida, utilizar nessa zona um decapante, tendo cuidado para não impregnar o papel da fita.

Passo 2 - Em seguida, limpar bem a superfície com um dissolvente e, caso seja necessário, corrigir as imperfeições do pavimento com uma massa reparadora. Se estiverem numa zona muito comprometida o melhor será usar uma massa que seja muito forte, como por exemplo uma epóxi. Igualá-la usando uma espátula e rematá-la quando estiver seca com uma lixa fina para madeira.



É importante limpar bem a superfície antes de começar a pintura do pavimento de madeira
É importante limpar bem a superfície antes de começar a pintura do pavimento de madeira

Passo 3 - Aplicar um primário de aderência que também seja protetor para prevenir a aparição de fungos e insetos da madeira (xilófagos). Após a secagem, efetuar um polimento suave.

  • Dica: O uso de uma lixadora elétrica com uma lixa de grão fino facilita o trabalho e melhora o acabamento.

Passo 4 - Verificar as instruções específicas da tinta escolhida (as de poliuretano proporcionam os mesmos resultados que um verniz para pavimentos). Nessas instruções poderás verificar que tipo de dissolvente deves aplicar para a limpeza dos utensílios e para diluir a tinta durante a primeira demão. Alguns fabricantes recomendam primários especiais, por isso deves consultar essas instruções na loja, antes do processo de compra.

  • Dica: Se tiveres que aplicar um primário de aderência, é aconselhável efetuar em seguida um novo polimento suave para facilitar a penetração da camada de acabamento.

Passo 5 – Se o objetivo é realizar um desenho que requeira várias cores ou padrões, podes traçá-lo com a ajuda de fita adesiva. Quando o acabamento da primeira cor tiver bem seco, substituir a posição da fita para o seguinte.

Podes criar padrões com a ajuda de fita adesiva
Podes criar padrões com a ajuda de fita adesiva
  • Dica importante: Não deixar a fita colocada demasiado tempo sobre a tinta porque, embora o tipo de adesivo permita tirar e voltar a reposicionar, pode danificar a tinta.

Passo 6 – Para terminar, aplicar a tinta de poliuretano seguindo as instruções indicadas na lata e deixar secar bem. E o teu pavimento em madeira está como novo.

 

Deixa uma resposta


+ 1 = 3