Como pintar as paredes e tetos: dicas e sugestões

Artigo colocado em Design e Decoração | 0

Com a chegada do bom tempo, chega também a altura de voltar a pintar as paredes aí de casa para remover as manchas deixadas pela humidade e afins. Pintar paredes e tetos não tem de ser uma tarefa aborrecida e complicada, muito pelo contrário, pode (e deve) ser realizada em família.

Pintar as paredes e tetos
Pintar as paredes e tetos

Para te ajudar nesta tarefa, hoje temos uma mão cheia de dicas e sugestões para que possas pintar as paredes e tetos na perfeição e dares mais cor à tua casa. Toma nota.

Dicas e sugestões para pintar as paredes e tetos

Existem milhares de tons diferentes
Existem milhares de tons diferentes

1. Escolher as cores - É fundamental pensares nas cores que queres para pintar as paredes e tetos das divisões aí de casa. Um verde alface para o quarto das crianças, um salmão para a sala, lilás para a casa de banho? Estas até podem ser as cores da tua preferências, mas é importante não esqueceres que há cores que podem tornar uma divisão pequena num espaço visualmente maior, ou uma divisão com pouca luz natural, numa divisão mais luminosa. Pede ajuda a um especialista para escolheres a cor mais adequada às necessidades de cada divisão.

Escolhe as tintas mais apropriadas para a superfície a pintar
Escolhe as tintas mais apropriadas para a superfície a pintar

2. Escolher a tinta mais apropriada – Existem diversificados tipos de tinta e como tal para escolher a mais apropriada deves ter em conta que tipo de superfície é que vais pintar (parede lisa ou areada), o desgaste a que a pintura vai estar sujeita (interior ou exterior) e ainda o aspeto final que desejas obter (efeito mate, brilhante, etc).



3. Calcular a quantidade de tinta necessária - Para não correres o risco de comprar tinta a mais ou a menos para pintar as paredes e tetos aí de casa, deves calcular antecipadamente a quantidade de tinta que irás gastar. E como é que o podes fazer? É simples. Na página online da Cin, por exemplo, podes usar a calculadora de tinta para saber com exatidão a quantidade necessária de tinta tendo em conta as suas próprias características e os m² de cada divisão.

Antes de pintar as paredes devemos remover a sujidade
Antes de pintar as paredes devemos remover a sujidade

4. Preparar as paredes e tetos para a pintura – O segredo para uma boa pintura é preparar as paredes e os tetos. Como? Limpando o pó, removendo a sujidade com um pano (usa água e detergente caso seja necessário) e deixar a parede bem seca para uma melhor aderência da tinta. Não te esqueças também que antes de começares as pinturas deves proteger e cobrir toda a mobília com panos ou tecidos velhos, isola os parapeitos e os rodapés com fita adesiva, e tem sempre à mão um balde com água e uma esponja para remover manchas e salpicos.

5. Usar um primário - A base ou primário de aderência proporciona um acabamento perfeito antes da aplicação da tinta de cor. Um primário pode servir para alisar pequenas irregularidades na parede, facilita a aderência da tinta de cor, proporcionando-lhe mais brilho.

Reúne todos os materiais necessários para pintar as paredes e tetos
Reúne todos os materiais necessários para pintar as paredes e tetos

6. Escolher os acessórios de pintura adequados - Começa por pintar os tetos, depois pinta as paredes e só no final as portas, parapeitos, rodapés e afins. Podes usar pincéis, trinchas e até um rolo para pintar as paredes e o teto. Usa o mais adequado de acordo com a área a pintar.

Com as cores apropriadas podes transformar uma divisão
Com as cores apropriadas podes transformar uma divisão

Agora que já tens uma noção dos passos básicos e essenciais a dar antes de pintar as paredes e tetos aí de casa, podes começar a planear a tarefa, escolhendo a cores e reunindo os materiais necessários. Bom trabalho.

Deixa uma resposta


× 1 = 8